10% de desconto em mochilas e artigos esportivos
Conteúdo Patrocinado

10% de desconto em mochilas e artigos esportivos

Promoção é válida por tempo limitado no site da Amazon

Media Lab Estadão, O Estado de S.Paulo
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

10 de fevereiro de 2021 | 14h43

Quem é membro da Amazon Prime conta com frete grátis ilimitado na compra de milhares de produtos pelo site e tem acesso ao melhor do entretenimento, incluindo músicas, jogos, séries e filmes premiados. E isso tudo por apenas R$ 9,90 por mês, com um teste grátis de 30 dias - ou seja, se você não gostar, pode cancelar sem qualquer custo.

Outra grande vantagem dos assinantes do Prime é que eles sempre têm à disposição promoções exclusivas, com descontos significativos em itens de qualidade em todas as categorias.

LEIA TAMBÉM

Kindle: veja preços e diferenças entre os três modelos

10 opções de fones de ouvido com descontos de até 31%

Descubra quais os 10 produtos eletrônicos mais vendidos na Amazon

Até 8 de março, por exemplo, dá para aproveitar 10% de desconto em centenas de artigos esportivos à venda na Amazon, como luvas de boxe, bolas, óculos de natação, garrafas térmicas, meias, camisas de futebol, kimonos, sungas, toalhas e acessórios para transformar sua casa em uma academia. 

As opções de mochilas também ganham destaque, com lindos modelos para homens e mulheres. Abaixo, veja 5 produtos com 10% de desconto - e clique aqui para acessar o catálogo completo em oferta. Lembrando que os descontos são aplicados automaticamente na finalização dos pedidos.

5 mochilas com descontos de 10%

Mochila Jump Curtlo

Bolsa-mochila Adidas Training 2 em 1 Bag

Mochila Twin Curtlo 

Mochila Downtown Curtlo

Mochila Journey Cabin Curtlo

Assine a Amazon Prime para ganhar frete grátis em milhares de produtos, além de ter acesso a promoções exclusivas e curtir séries, músicas e eBooks à vontade. Saiba mais.

Os preços podem sofrer alteração, e o Estadão pode receber comissão por meio de vendas realizadas em links presentes neste artigo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.