Estadão
Estadão

1956: Fangio conquista título graças ao 'cavalheirismo' inglês

GP da Itália é considerada 1ª grande decisão da F-1

O Estado de S. Paulo

16 de novembro de 2015 | 12h00

A primeira grande decisão da Fórmula 1 aconteceu sete anos após a modalidade começar a ser disputada. O até então hegemônico Juan Manuel Fangio chegou na última corrida, o GP da Itália, em Monza, na ponta do Campeonato. Logo atrás na tabela de classificação vinha o inglês Stirling Moss e em terceiro seu companheiro de equipe Peter Collins, da Ferrari. 

O tetracampeonato de Juan Manuel Fangio é considerado a primeira grande decisão da Fórmula 1. O piloto argentino chegou ao GP da Itália, em Monza, na liderança do campeonato, viu seu carro quebrar no meio da prova e ainda assim ficou com o título. Como? Pegou emprestado o carro do companheiro de Ferrari, Peter Collins, para conseguir cruzar a linha de chegada e ficar com sua quarta taça da F-1. A segunda colocação, dividida com Collins, foi suficiente para que o vencedor da corrida, Stirling Moss, não alcançasse a pontuação do argentino.

"Fangio conseguiu essa colocação graças ao jogo de turma que usou com seu companheiro", publicou o Estado na ocasião. Na 19º volta, o carro de Fangio sofreu problemas mecânicos. O piloto só voltou na 25ª, no carro de Collins, pois o inglês não podia mais almejar o título, enquanto para o argentino bastava terminar em um dos primeiros cinco lugares.

Na época não era considerada uma manobra estranha. A inscrição de um piloto em mais de um carro na mesma equipe era comum, permitindo que se um quebrasse, pudesse utilizar o outro, dependendo da estratégia. Com corridas facilmente ultrapassando as 2h30 de duração, deixar que os atletas descansassem era algo mais do que necessário. 

O resultado deixou Stirling Moss em segunda na classificação geral e Peter Collins em terceiro. Fangio, com três vitórias no ano (na Argentina, dividindo o lugar mais alto com Luigi Musso, Inglaterra e Alemanha)  ficou em primeiro com 30 pontos contra 27 e 25 dos ingleses. Um título que veio devido ao cavalheirismo britânico. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.