40 ouros e o sábado promete

O Brasil chegou ontem a 40 medalhas de ouro, em sua melhor participação na história dos Jogos Pan-Americanos. As conquistas mais recentes vieram em cinco esportes diferentes. O País brilhou no atletismo, com Juliana Santos, a mais veloz nos 1.500 metros, e com os punhos fortes do boxeador baiano Pedro Lima, no meio-médio. A equipe do hipismo, formada por Bernardo Alves, Rodrigo Pessoa, César Almeida e Pedro Veniss, não se intimidou com brigas judiciais, fez saltos precisos e deixou canadenses e americanos para trás. As meninas da ginástica rítmica conquistaram o tricampeonato com apresentação de dar inveja à concorrência. Sebastian Cuattrin, com seus parceiros do K4 de 1.000 metros, enfim colocou no peito a medalha que lhe faltava. O sábado também pode ser dourado para os atletas brasileiros. E desde as primeiras horas do dia, quando acontecem as provas da canoagem. São seis finais, todas com representantes vestindo o verde e amarelo.Durante o café da manhã, Falcão & cia. do futsal prometem novo show, agora diante dos argentinos, os rivais de sempre. Na hora do almoço, a vela pode garantir até seis medalhas de ouro. As chances são enormes, principalmente com Bimba na RS:X e nas classes snipe e J24. Sem contar a laser, com Robert Scheidt. Na hobie cat, Bernardo Arndt e Bruno Oliveira garantiram ouro; os adversários entraram com recurso e eles foram desclassificados. Recorreram e hoje cedo sai a sentença. A torcida por Hugo Hoyama e Thiago Monteiro será grande no tênis de mesa. A dupla está nas semifinais e, se passar, garante dobradinha no pódio.Flávio Saretta será o representante na decisão do tênis. No atletismo, o Brasil terá Jadel Gregório, atual recordista sul-americano no salto triplo, os revezamentos 4 x 100 e 4 x 400, além de boas chances no salto com vara e nos 800 m. À noite, no Maracanãzinho, o vôlei masculino é favorito diante dos EUA, em título inédito. E, quem sabe, o País não surpreende no tiro com arco, na ginástica rítmica, no nado sincronizado, na luta livre?...

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.