5 Santos fica satisfeito por não ser derrotado

Jogadores gostam do empate, enquanto Muricy Ramalho acredite que o resultado foi justo. 'Uma partida igual'

PAULO FAVERO, O Estado de S.Paulo

25 de março de 2013 | 02h03

5 |Rafael

Deu alguns sustos na torcida.

6 |Bruno Peres

Começou mal, depois melhorou.

5,5 |Edu Dracena

Teve trabalho pela direita.

5,5 |Durval

Não comprometeu.

6 |Léo

Mostrou segurança atrás.

6,5 |Renê Júnior

Muito bem nos desarmes.

5,5 |Arouca

Teve velocidade, mas errou muito.

4 |Cícero

Vestiu a 10 e pouco fez.

7 |Giva

Foi o melhor do time.

Sem nota |(Victor Andrade)

Entrou no final do jogo.

3 |André

Presa fácil para a defesa rival.

5 |(Miralles)

Procurou dar velocidade ao jogo.

5,5 |Neilton

Voluntarioso, tentou pressionar.

5 |(Alan Santos)

Não ajudou muito.

5 |T. Muricy Ramalho

Deixou a equipe muito recuada.

SANTOS

O Santos saiu satisfeito com o empate diante do Palmeiras. Com um time bastante modificado por causa da ausência de suas principais estrelas, como Neymar e Montillo, o time deixou o Pacaembu com a sensação de missão cumprida. "O mais importante foi que a equipe não saiu perdendo. Poderíamos ter ido melhor, mas mais um clássico que não perdemos", explica o volante Arouca.

O técnico Muricy Ramalho concorda com seu jogador e acha que o placar final foi merecido. "Acho que foi uma partida igual e o resultado foi justo", afirma o treinador. Além de suas duas estrelas, ele também não pôde contar com Felipe Anderson e Patito Rodríguez, que foram expulsos no último confronto. Muricy lamentou os desfalques. "Sentimos muita falta deles. Voltamos melhor para o segundo tempo, mas tivemos dificuldades na frente. É duro."

De qualquer forma, a equipe sabe que ainda não está rendendo o suficiente no Campeonato Paulista e o próprio capitão Edu Dracena reconhece que as exibições não vêm sendo boas. "Apesar dos desfalques, todo mundo lutou. Foi um clássico parado, de muita marcação e sabemos que a gente tem de evoluir. Nunca podemos achar que está bom", admite o zagueiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.