Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

A 2.ª Divisão é quase passado

Corinthians, com o acesso praticamente garantido, já faz o planejamento para 2009

Fábio Hecico, O Estadao de S.Paulo

13 de setembro de 2008 | 00h00

Véspera de jogo da Série B do Campeonato Brasileiro, diante do Barueri, às 16 horas, no Pacaembu, e o Corinthians apresenta reforço para 2009. Apesar de não assumir publicamente, a diretoria já projeta o time para a próxima temporada. Pretende montar um elenco forte para tentar conquistar a Copa do Brasil e chegar à Libertadores. No clube, todos contam nos dedos os dias para o acesso à Série A. A chegada de novos jogadores, como Diogo, ontem - Cristian deve acertar nos próximos dias - , está servindo de motivação para quem ainda não cativou Mano Menezes.Mano acredita que seus jogadores podem render mais com ?sombra?. Muitos deles agora jogam não apenas para recolocar o time na elite, mas também para garantir presença na próxima temporada. Num elenco com 36 jogadores e a promessa de novas contratações, a saída de alguns será inevitável. "Não vamos ficar com tantos jogadores como estamos agora", deixou escapar Mano, ontem, para depois dizer que não há nada definido para 2009. "Minha obrigação como profissional é ter o Corinthians no início da temporada, ou no término do ano, maior do que o que iniciamos em janeiro. É a ordem natural das coisas", explicou. "A remontagem neste ano foi muito complicada pela quantidade que tivemos de trazer. No ano seguinte será bem diferente."Atletas polivalentes vão ganhar mais espaço no clube. Foi essa característica que Mano viu em Diogo para indicá-lo. "É um jogador que tem qualidade para três funções: um ala que é mais de apoio, embora atue em linha de quatro também; um segundo jogador por dentro ou homem de beirada, como Lulinha vem fazendo hoje. É de drible, conclusão, velocidade. É importante essa versatilidade."Lulinha, aos poucos, vai perdendo espaço. Morais veio para seu lugar, agora Diogo pode atuar ali. O atual titular dificilmente seguirá em 2009. Dênis, Lima, Marcel, Perdigão e Acosta são outros com dias contados no Parque. Tiveram chances e não souberam aproveitá-las.Por outro lado, Mano está encantado com boa parte dos titulares. Mudanças? "Vamos apenas ajustar algumas coisinhas e o Antônio Carlos (diretor de Futebol) já sabe quais são. Um atacante goleador e um volante são as principais carências do time, já que Diogo deve assumir, no futuro, a ala-direita.Mas e a Série B? No clube, conquistá-la sempre teve tratamento de obrigação. Dessa maneira, está proibido desperdiçar pontos no Pacaembu. Hoje, a ordem é sufocar o Barueri, rival no qual o Corinthians fez 4 a 1 na primeira fase. Ganhar nesta tarde significa, ainda, ampliar a pontuação para o quinto colocado, justamente o Barueri, hoje de 12 pontos. " Não podemos pôr o carro na frente dos bois, pois ninguém subirá antes de novembro", alertou o vice de futebol Mário Gobbi, freando o entusiasmo. "Não podemos perder a rédea no fim, é ter pés no chão, pois se vai da glória à desgraça em 2 minutos."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.