Twitter Volvo Ocean Race
Twitter Volvo Ocean Race

A cinco dias do fim da 8ª etapa, barco holandês mantém ponta da Volvo Ocean Race

Os veleiros já estão no Hemisfério Norte e nesta quinta-feira velejaram na região caribenha

Estadão Conteúdo

03 Maio 2018 | 16h18

A cinco dias da chegada em Newport, nos Estados Unidos, a oitava etapa da Volvo Ocean Race continua equilibrada. O barco holandês Team Brunel está na liderança, 20 milhas náuticas (36 quilômetros) à frente do segundo colocado, a embarcação chinesa Dongfeng Race.

+ Barcos da Volvo Ocean Race deixam a costa brasileira rumo a Newport

Os veleiros já estão no Hemisfério Norte e nesta quinta-feira velejaram na região caribenha. "Até agora não podemos reclamar da maneira como estamos indo, mas a partir de hoje (quinta-feira) vai ficar um pouco mais complicado, pois o vento vai começar a subir à medida que nos aproximamos lentamente do sistema de alta pressão", explicou o comandante do Brunel, o holandês Bouwe Bekking.

No 11º dia de competição desde que deixaram a cidade de Itajaí, no litoral de Santa Catarina, os veleiros navegaram com ventos entre 18 e 20 nós (entre 30 e 35 quilômetros por hora). "Todos estão nas mesmas condições, corremos em velocidades semelhantes, separados apenas por uma ou duas casas decimais da velocidade do barco", explicou a britânica Dee Caffari, capitã do barco da Onu, Turn the Tide On Plastic.

A equipe de Caffari aparece na terceira colocação na etapa, à frente do barco dos dinamarqueses/norte-americanos do Vestas 11TH Hour Racing. Na quinta colocação está o veleiro espanhol da Mapfre, que segue enfrentando problemas.

O capitão da equipe da Espanha, Xabi Fernández, explicou que eles ainda não conseguiram solucionar um problema elétrico, que afeta especialmente a movimentação da quilha pivotante. "Afeta a velocidade e outra coisa é que não sabemos exatamente onde está a quilha".

O barco da brasileira Martine Grael, o holandês Akoznobel, ainda não conseguiu sair das últimas colocações e está em sexto lugar. Em último nesta etapa, o chinês Sun Hung Kai/Scallyway reagiu nesta quinta-feira e foi a equipe que mais rápido navegou nas últimas 24 horas, percorrendo 500 milhas.

O Dongfeng lidera a classificação geral, um ponto à frente da Mapfre. Em terceiro lugar está o Brunel, que venceu a sétima etapa. O Akzonobel está em quarto lugar, à frente do Scallywag. O Vestas é o sexto e o Turn the Tide ocupa a lanterna.

Mais conteúdo sobre:
Vela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.