À espera de Adriano, Gilberto ganha força

Artilheiro do futebol pernambucano é 1º nome da lista de substitutos para o Imperador, que ontem teve alta de cirurgia

Anelso Paixão, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2011 | 00h00

A cirurgia para recompor o tendão de aquiles rompido do atacante Adriano foi um sucesso e o jogador teve alta ontem para iniciar o processo de recuperação no Rio. Seu retorno ao futebol pode ser antes dos cinco meses anunciados inicialmente, mas o Corinthians já pensa em um substituto. Sabendo que só poderá contar com o Imperador no segundo turno do Campeonato Brasileiro, o clube se apressa em buscar nomes.

"Não digo contratação de impacto, mas vamos pensar em nomes para compor o nosso elenco. Temos de montar um time forte para o Brasileiro", admitiu o diretor de futebol Roberto de Andrade à rádio Jovem Pan.

Gilberto, de 21 anos, artilheiro do Campeonato Pernambucano pelo Santa Cruz com 11 gols, volta a ganha força no clube. O jogador já comunicou à diretoria que não vai seguir no clube após o campeonato estadual e, em documento, explicou que a renovação automática não pode ocorrer, já que o Santa Cruz não foi o clube formador, mas o Confiança, de Sergipe.

A multa rescisória do atacante é de R$ 390 mil, mas o Corinthians prefere chegar a um acordo com o clube pernambucano para evitar uma batalha jurídica. De acordo com a diretoria, o valor seria pago integralmente pelo clube, sem a participação de investidores.

Apesar da necessidade que se apresentou de um atacante, o Corinthians segue também em busca de um meia, já que Bruno César vai deixar o clube no meio do ano, contratado pelo Benfica.

Os nomes de Seedorf, de 35 anos, do Milan, da Itália, e Alex, de 29, do Spartak Moscou, da Rússia, são os mais fortes. A situação de Alex teria ficado mais fácil após a eliminação do Spartak Moscou da Liga Europa. O problema, porém, é o valor que o Spartak pede pela liberação - 7 milhões (cerca de R$ 16 milhões). O Corinthians tenta reduzir o custo do jogador.

Mudança no time. Enquanto espera a hora de se transferir para o Benfica, o meia Bruno César vai cada vez mais cavando seu espaço no time titular nesta reta final do Campeonato Paulista. No treino de ontem, começou no time reserva e foi testado na segunda parte entre os titulares, ao lado de Morais, já que Dentinho foi poupado para resolver questões particulares e William começou no time. Hoje, com a volta de Dentinho, é provável que Tite opte pela formação com Bruno César no meio, na vaga de Morais, que ainda não marcou gol neste Campeonato Paulista e vem sendo constantemente vaiado pela torcida.

Bruno César, inclusive, treinou e teve bom aproveitamento em cobrança de pênaltis, que pode ser a maneira de definir a classificação para a semifinal do Paulista.

O restante do time já está confirmado com a volta de todos os titulares: Júlio César, Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Bruno César; Jorge Henrique, Liedson e Dentinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.