A mulher que comanda os ´marmanjos´

Batom, rímel, sombra, blush e muita coragem para superar preconceitos é a tática da técnica da equipe masculina de vôlei do América, Vera Santos. Aos 25 anos, ela tem sob suas ordens 35 homens, das categorias infanto e juvenil, e se prepara para assumir o time adulto. "É bastante homem, hein? Muito mesmo...", divertiu-se. Uma das pioneiras a comandar um time masculino de vôlei, Vera contou que a sua afinidade com os atletas a levou por esse caminho. De acordo com a técnica, sua maneira agressiva de falar, de exigir, de trabalhar e a admiração pelo jogo baseado na força se adequam mais aos homens. "É claro que rolam os palavrões. Os atletas pedem para eu puxar e exigir deles." Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.