A posição de Neymar

Neymar ajudou André a empatar o clássico da Vila Belmiro com uma jogada brilhante, carregando toda a defesa corintiana e dando a assistência pela meia direita. Há um ano, quando Adilson Batista perdeu o emprego no Santos, muita gente o criticava por tentar fazer Neymar jogar por dentro. "Quero-o mais perto do gol'', explicava a Adilson. Caiu!

Paulo Vinícius Coelho,

20 de agosto de 2012 | 03h02

Semana passada, Mano Menezes, o técnico da seleção, também tirou Neymar da ponta esquerda para colocá-lo por dentro, pertinho do centroavante. Deu errado contra o México, mas observe como Neymar tem jogado pelo Santos. Ele começa na ponta-esquerda num 4-2-3-1. E ganha o campo inteiro, para circular, criar as melhores chances de gol.

A jogada em que Neymar driblou pela ponta esquerda e rolou para André marcar o terceiro do Santos - o centroavante perdeu - desmente a teoria da mudança de função do craque santista. Ele joga muito pela ponta, joga muito por dentro; se colocar pela direita, jogará também. Diga-se, foi lá, da direita, a cobrança do escanteio do terceiro gol de verdade. Onde tem de jogar, então? Em todos os lugares.

Tudo isso confirma o que Adilson, Mano e Muricy tentam fazer de um ano para cá. Fazer Neymar girar, emprestar seu talento para todos os lados do campo.

Alguém perguntará por que ele não faz isso na seleção. Não é 100% verdade, até porque contra a Suécia, sem jogar tudo o que pode, Neymar foi o melhor.

E ontem, tarde de André e Martínez - é bom esse argentino! - não foi o maior destaque, privilégio do centroavante santista, autor de dois gols. Mesmo assim, a cada jogo em que ganha liberdade, para driblar pela esquerda, mas decidir pela faixa central, Neymar deixa mais claro onde é seu lugar ideal: livre! Assim, o Santos ainda pode cumprir a árdua missão de se classificar para a Libertadores.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.