A trajetória de Lais Souza na ginástica brasileira

Ex-atleta participou dos Jogos Olímpicos de 2004 e 2008 e contribuiu com melhor resultado da história da ginástica artística

Gonçalo Junior - Enviado Especial - Miami, O Estado de S.Paulo

20 Setembro 2014 | 18h39

Lais participou dos Jogos Olímpicos de 2004 e 2008, quando ajudou a seleção de ginástica artística a conquistar o melhor resultado de sua história: sétimo lugar por equipes. Classificada para Londres/2012, ela já treinava em solo britânico quando sofreu uma lesão na mão direita e ficou fora do torneio, que começaria em 13 dias.

Nos Jogos Pan-Americanos de 2003 e 2007, Lais conquistou uma medalha de prata e três de bronze. Sua especialidade era o salto sobre o cavalo, prova em que foi medalhista de prata na Copa do Mundo de 2005 e levou um de seus bronzes pan-americanos. Desde 2013, a ginasta vinha se dedicando ao esqui aéreo, modalidade dos Jogos de Inverno. Ela aguardava a confirmação de sua classificação para a Olimpíada de Sochi, no ano passado, quando sofreu o acidente. Ironicamente, a confirmação da classificação chegou um dia depois.

Mais conteúdo sobre:
ESPORTE LAIS SOUZA GINASTICA ESQUI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.