Abin mapeia possíveis ameaças durante o Pan do Rio-2007

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) mapeou possíveis ameaças contra os Jogos Pan-Americanos do ano que vem no Rio de Janeiro e fechou um plano de segurança. O levantamento, que foi apresentado à Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa), aponta entre as preocupações a hipótese de ações terroristas ou do crime organizado, de greves em serviços estratégicos para os jogos e de chuvas e alagamentos. Nota divulgada nesta terça-feira pela Abin informa que serviços de inteligência estrangeiros têm enviado representantes ao Brasil para treinar o pessoal encarregado da segurança dos jogos. Entre os países que mandaram emissários, estão alguns que organizaram grandes eventos esportivos nos últimos anos, como Estados Unidos, África do Sul, Coréia do Sul, Alemanha, Itália, Austrália e Grécia. Coube ao secretário de Planejamento e Coordenação da Abin, Wilson Roberto Trezza, apresentar o plano à Odepa em reunião realizada na segunda-feira no Rio. Para cuidar da segurança do Pan, foi criado um centro de inteligência que congrega 25 órgãos e entidades públicas e privadas. A nota da Abin esclarece que apesar de o centro ter sido instalado no Rio, parte da estrutura e dos equipamentos necessários às operações de segurança ficarão em Brasília, como bancos de dados e serviços de criptografia.

Agencia Estado,

02 Maio 2006 | 18h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.