Abu Dabi será sede do Mundial de Natação em Piscina Curta de 2020

A cidade de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, vai sediar o Mundial de Natação em Piscina Curta (25 metros) de 2020. A Federação Internacional de Natação (Fina) tomou a decisão e a anunciou nesta quarta-feira em Kazan, na Rússia, onde o Mundial de Esportes Aquáticos começará a ser realizado nesta sexta-feira.

Estadão Conteúdo

22 de julho de 2015 | 16h04

As outras cidades candidatas a sediar o evento em piscina de 25 metros eram Astana, no Casaquistão, e Lima, no Peru, mas a Fina optou por Abu Dabi. Assim, esta será a segunda vez que os Emirados Árabes Unidos vão sediar o Mundial de Natação em Piscina Curta - a primeira foi há cinco anos, em Abu Dabi.

"Estamos muito felizes em retornar para os Emirados Árabes Unidos. Tenho certeza de que Abu Dabi será também um marco memorável para a família Fina", afirmou Julio Maglione, presidente da federação.

A última edição do Mundial de Natação em Piscina Curta foi realizado no ano passado em Doha, no Catar. Outros dois eventos vão ser disputados antes de Abu Dabi. A competição de 2016 está programada para Windsor, no Canadá, enquanto a de 2018 vai ser em Hangzhou, na China.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.