Acidente e clima ruim na preparação

Bolt bateu o carro meses atrás e teve testes prejudicados por mau tempo

, O Estadao de S.Paulo

17 de agosto de 2009 | 00h00

Usain Bolt competiu pela primeira vez neste ano em março, em uma acanhada competição regional em Spanish Town, na Jamaica. Cravou tímidos 10s03, mesmo assim dizia que sua meta era chegar aos 9s40. "Acho que o recorde mundial pararia aí."O objetivo não era para este ano. A previsão se tornou ainda mais conservadora quando, no fim de abril, o homem mais rápido do mundo acelerou demais em uma estrada jamaicana. Bateu sua BMW, sofreu escoriações e teve de passar por uma cirurgia no pé esquerdo. O procedimento tirou o astro dos treinos por um mês.O "Relâmpago" voltou a correr na metade de maio, debaixo de chuva, em uma prova festiva em Manchester (Inglaterra). A competição foi realizada em uma reta de 150 metros, na rua. Mas não foi a única vez na temporada em que teve de superar o clima como principal rival. Em 17 de julho, durante o GP de Paris, Bolt marcou seu então melhor tempo do ano: 9s79. Só mesmo a chuva persistente e o vento contra não permitiram outra atuação de gala do fenômeno das pistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.