Acima do peso, John Lineker promete castigar Phil Harris no UFC

Brasileiro não bate o peso e terá uma multa de 25% na bolsa

Guilherme Dorini, O Estado de S. Paulo

25 de outubro de 2013 | 16h08

SÃO PAULO - Invicto em suas três últimas lutas pelo UFC, John Lineker fará seu terceiro compromisso em 2013. O "Mãos de Pedra", apelido dado pela potência de seus golpes, enfrenta Phil Harris, no UFC Fight Night 30, realizado neste sábado, em Manchester, na Inglaterra. Apesar de não ter batido o peso da categoria peso-mosca, que tem como limite 57 kg, na pesagem desta sexta-feira, o brasileiro acredita que isso não derrotará seu rival, assim chegando mais perto de uma possível disputa de cinturão. Essa é a terceira vez, nas últimas cinco lutas, que o brasileiro não atinge o peso desejado. Dessa vez, mesmo sem roupa no palco, acabou ficando cerca de um quilo acima do limite dos moscas. O lutador decidiu não tentar perder o peso excedente e aceitou a multa de 25% da bolsa em favor de Phil Harris. O valor acima dos tradicionais 20% se deve pela reincidência do lutador em não conseguir bater o peso.

"Ele vai sofrer no octógono, eu treinei muito e sei que não posso vacilar tão perto do objetivo, que é o cinturão. Vou buscar um excelente resultado e entrar na disputa pelo título", garante. Sobre o estilo de luta de Harris, habilidoso no jiu-jítsu, o brasileiro prefere não se preocupar muito. "Prefiro pensar no que eu preciso fazer com ele, do que imaginar o que ele pode fazer comigo." Para o combate, Lineker afirma que não mudou seus treinamentos, apenas aprimorou alguns movimentos específicos. "Não mudei muito os treinos, só busquei aprimorar mais o wrestling e o jiu-jítsu, e busquei novos professores de boxe para afiar mais a mão".

O atual campeão da categoria, Demetrious Johnson, enfrentará Joseph Benavidez na luta principal do TUF 18 Finale, em Las Vegas, EUA, em 30 de novembro. Mesmo deixando claro que sua grande meta é a luta pelo título, Lineker prefere manter a cautela sobre quando isso pode acontecer. "Vou em busca de um bom combate e da vitória sobre o Phil Harris, e deixo nas mãos do UFC decidir quando terei minha oportunidade". Sobre a luta já marcada para a decisão da categoria peso-galo, o brasileiro acredita que o cinturão continuará nas mãos de Demetrious. "Acompanho todas as lutas dos adversários da minha categoria, especialmente as do campeão. Vai ser um lutão, igual foi a primeira, bem apertada, e aposto no campeão".

Tudo o que sabemos sobre:
UFCMMALutasJohn Lineker

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.