Acordo põe fim à greve. Obras recomeçam hoje

Um acordo entre patrões e empregados encerrou ontem a greve de uma semana que ameaçava a já apertada agenda para a construção dos estádios da Copa de 2010, na África do Sul. Após exigirem um aumento de 13%, os trabalhadores aceitaram a oferta de 12% de acréscimo nos salários. Os cerca de 70 mil grevistas devem retomar hoje as obras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.