Acordo une Brasil e Reino Unido

O recente escândalo do roubo de dados sigilosos dos Jogos de Londres por parte de integrantes do Comitê Organizador Rio 2016 não impediu que a presidente Dilma Rousseff e o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, firmassem um acordo de cooperação. O documento foi assinado na tarde de ontem.

BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2012 | 03h07

No texto, brasileiros e britânicos se comprometem a trocar o máximo de informações relativas aos Jogos Olímpicos, inclusive no que diz respeito a práticas de governo. Também será criado um programa de visitas a Londres para troca das informações.

O presidente da Autoridade Pública Olímpica, Márcio Fortes, comentou o caso do furto de informações. Ressaltou que também teve uma equipe de observadores em Londres, mas não foram registrados problemas. Fortes disse que a questão, por envolver dois comitês organizadores, não terá interferência governamental.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.