Sergei Karpukhin/ Reuters
Sergei Karpukhin/ Reuters

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Acusado de encobrir casos de doping na Rússia renuncia a cargo no governo

Vice-ministro, Yuri Nagornykh estava suspenso provisoriamente

O Estado de S.Paulo

24 Outubro 2016 | 11h12

Acusado de encobrir casos de doping no esporte russo, Yuri Nagornykh renunciou ao seu cargo no Ministério do Esporte do governo da Rússia, nesta segunda-feira. Ele era o vice-ministro e estava suspenso provisoriamente da função pelo presidente Vladimir Putin desde julho deste ano em meio às recorrentes denúncias de doping no esporte nacional.

De acordo com documento publicado nesta segunda, assinado pelo primeiro-ministro Dmitry Medvedev, Yuri Nagornykh solicitou sua saída do cargo de forma espontânea. O governo russo não revelou detalhes sobre a decisão do vice do ministro Vitaly Mutko, que está à frente da preparação do país para receber a Copa do Mundo de 2018.

Nagornykh foi a autoridade mais importante citada nas denúncias de doping apresentadas pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) a partir do fim do ano passado. Os casos incluem apoio do governo ao doping sistemático no atletismo, o que causou a exclusão da modalidade nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, e fraudes na condução de exames antidoping durante os Jogos de Inverno de Sochi, disputados em 2014.

Em entrevista à agência Associated Press, a porta-voz do Ministério do Esporte, Lyudmila Derevyanko, não soube informar se a saída de Nagornykh afetará as investigações que estão sendo conduzidas sobre estes casos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.