Adiada a luta entre Holyfield e Ruiz

Uma contusão no pescoço de John Ruiz adiou a luta contra Evander Holyfield, marcada para 5 de agosto, em Pequim. O combate vale o título dos pesados da Associação Mundial de Boxe, em poder de Ruiz, e está previsto como o primeiro entre pugilistas profissionais na China.O anúncio do adiamento foi feito nesta sexta-feira, mas a contusão pode ser apenas uma desculpa. O promotor da luta, Don King, não estaria conseguindo dinheiro suficiente para a organização. Nenhuma das grandes emissoras de tevê norte-americanas se interessou em transmitir o combate ao vivo. A empresa teria que conseguir US$ 7 milhões apenas para as bolsas dos dois lutadores. A procura de ingressos para o evento também estaria bem abaixo do esperado.Don King desmentiu as especulações e garantiu que a luta não será cancelada, apenas adiada. Na entrevista coletiva, o treinador de Ruiz, Norman Stone, lamentou a contusão de seu lutador. "Ele teve problemas na quinta, sexta e sétima vértebras. O problema aconteceu terça-feira, durante o treino e ele sentiu muitas dores. A princípio, pensamos que tivesse sido um problema muscular. Mas depois os médicos descobriram que era mais sério."Os médicos disseram que Ruiz ficará de seis a oito semanas para se recuperar, o que adia a luta pelo menos até o final de setembro. O pugilista retornará aos Estados Unidos para tratamento.Don King ficará na China para tratar da nova data do combate e comparou o evento com a histórica luta entre George Foreman e Muhammad Ali, em 1974, no Zaire. "Foi a mesma coisa na época. Foreman se cortou dias antes da luta e o combate foi realizado cinco semanas depois do previsto."A luta será a terceira entre Ruiz e Holyfield. A primeira terminou com uma polêmica decisão de vitória de Holyfield, já que Ruiz lutou melhor. Na segunda, Ruiz venceu por pontos e conquistou o título da Associação Mundial de Boxe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.