Adidas rompe com natação alemã após reclamações

A Adidas anunciou o rompimento do contrato com a federação alemã de natação por conta das reclamações dos atletas, que consideram os maiôs fornecidos pela empresa pouco competitivos. "Adidas informa a federação alemã de natação sobre a imediata anulação", afirmou Oliver Brueggen, porta-voz da empresa. A empresa considera que um novo acordo não é possível por conta de "eventos recentes". Nadadores alemães protestam desde os Jogos Olímpicos de Pequim por considerarem os maiôs da Adidas inferiores ao LZR Racer da Speedo. Nos últimos meses, nadadores bateram dezenas de recordes mundiais utilizando o moderno maiô da Speedo. As últimas críticas dos nadadores da Alemanha aconteceram durante a disputa do Campeonato Europeu em piscina curta, disputado na última semana, em Rijeka, na Croácia. Apesar do rompimento, a Adidas garante que não pretende deixar a natação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.