Adílson põe fim às experiências no Santos

Adílson Batista abandona as experiências e o revezamento de jogadores e vai armar um time forte para enfrentar o Noroeste, na sexta-feira à noite, na reabertura da Vila Belmiro. Além de Rafael e Elano, que cumpriram suspensão diante do Santo André, Arouca vem treinando com bola e deve disputar sua primeira partida da temporada.

, O Estado de S.Paulo

08 de fevereiro de 2011 | 00h00

O jogo de sexta-feira terá peso dobrado, porque o Santos precisa da reabilitação depois de dois empates seguidos, contra a Ponte Preta e o Santo André, e servirá como último ensaio para a estreia na Taça Libertadores, na próxima terça-feira, contra o Deportivo Táchira, na Venezuela. Se o time mostrar o futebol que Adílson espera, a única mudança para o jogo contra os venezuelanos será a entrada de Neymar, que viajará direto do Peru para San Cristóbal. O volante Arouca também faz parte do time titular de Adílson. "Acredito que ele terá condições de participar de pelo menos uma parte do jogo de sexta-feira. É importante que ele se condicione para essa partida, porque contra o Táchira não vai haver moleza", disse o técnico.

O último jogo dos profissionais na Vila foi em 5 de dezembro, contra o Flamengo. No sábado, o novo gramado foi inaugurado com o amistoso de futebol feminino entre Santos e seleção da Coreia, na despedida da rainha Marta. / SANCHES FILHO, DE SANTOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.