Jonne Roriz/AE
Jonne Roriz/AE

Adrian Gomes é cortada da equipe de ginástica por lesão

Para o lugar da ginasta já foi convocada Harumi de Freitas, que esteve com o grupo até a entrada na Vila

AMANDA ROMANELLI, Agência Estado

26 de julho de 2012 | 10h34

A equipe brasileira feminina de ginástica artística segue sofrendo com cortes e lesões. Nesta quinta-feira, Adrian Gomes foi cortada da delegação que já está na Vila Olímpica depois de ser identificada uma lesão na vértebra L3 da atleta. Para o lugar dela já foi convocada Harumi de Freitas, que esteve com o grupo até a entrada na Vila.

Adrian é o segundo corte da equipe e o terceiro desfalque. Ainda no Brasil, nas vésperas da convocação, Jade Barbosa se recusou a assinar o termo de compromisso para participar da Olimpíada e acabou ficando de fora da lista.

Depois, já na Inglaterra, em Ipswich, onde a equipe fez a aclimatação, Laís Souza, que foi chamada para ser substituta de Jade, sentiu uma lesão na mão direita e precisou ser cortada. A vaga ficou entre Harumi e Ethiene Franco, com a segunda sendo escolhida. Harumi, porém, seguiu de sobreaviso.

A lesão de Adrian foi sentida na quarta-feira, um dia antes do treino de pódio, realizado nesta manhã. Ela teve dores nas costas, fez uma ressonância magnética e uma tomografia, e nestes exames foram apontados uma lesão de vértebra. A ginasta vai ter que ficar em repouso por até oito semanas e terá que adiar a sua estreia em Olimpíadas.

A substituta dela, Harumi de Freitas, do clube Cegin, também vai para sua primeira Olimpíada. Ela participou da Olimpíada da Juventude, em Cingapura, em 2010, e esteve com a equipe no treinos que a seleção fez em Ipswich.

Assim, o Brasil vai competir em Londres com Daniele Hypolito, Daiane dos Santos, Bruna Leal, Ethiene Franco e Harumi de Freitas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.