Adriano começa hoje nova vida

São Paulo estréia contra o Guaratinguetá e atacante dá início ao desafio pessoal de se recuperar na carreira

Giuliano Villa Nova, O Estadao de S.Paulo

17 de janeiro de 2008 | 00h00

Quando o São Paulo entrar em campo para enfrentar o Guaratinguetá, na estréia do Campeonato Paulista, às 20h30, no Estádio Dário Rodrigues Leite, todas as atenções estarão voltadas para Adriano. O centroavante, emprestado pela Inter de Milão até julho, é a maior esperança de gols do time tricolor. E o bicampeão brasileiro é a grande chance de Adriano "renascer?? para a carreira, depois de dois anos em que apareceu mais pelas (muitas) confusões em que se meteu do que pelos (poucos) gols que fez. "A vontade de atuar é muito grande. Quero disputar todos os jogos. Vim para disputar a Libertadores e o Paulista e quero ajudar meus companheiros a buscar esses títulos", diz o centroavante. Acompanhe o jogo do São Paulo e toda a rodada online, às 20h30Adriano é o craque, tanto que vestirá a camisa 10, e o interesse por sua atuação promete lotar o estádio na cidade do interior. "Ele será nosso grande diferencial, neste primeiro semestre", aposta o goleiro Rogério Ceni. "Junto com o Aloísio, são dois dos melhores jogadores de área do futebol mundial."Adriano não atua em solo brasileiro por um clube nacional desde o dia 21 de julho de 2001, quando ainda defendia o Flamengo, numa vitória por 2 a 0 sobre o Nacional, do Uruguai, em Brasília, pela Copa Mercosul. Semanas depois, embarcaria para a Itália.Num time ainda em formação, a ordem do técnico Muricy Ramalho é clara: explorar as jogadas aéreas. "O Adriano tem uma impulsão muito grande. Dentro da área, é muito difícil ser marcado", comenta o treinador. "Mas ele sabe sair da área e buscar o jogo", observa Muricy.Outra vantagem de Adriano é o tempo de treinamento. Enquanto os companheiros aproveitavam os últimos dias de férias, ele já trabalhava fisicamente. "Ele está muito bem nos treinos, o chute continua forte", comentou Rogério Ceni.PARA VALEROs são-paulinos garantem que não consideram o Estadual como um laboratório para a Taça Libertadores. Apesar de a competição continental ser a principal meta em 2008, o Paulista é tido como fundamental para ditar o ritmo da temporada. "Temos dez jogos, no Paulista, até o início da Libertadores, para estarmos na melhor forma", lembra Rogério Ceni. "Mas todo torneio é importante, e esse é um dos mais empolgantes dos últimos anos."Além de Adriano, o time do Morumbi terá pelo menos mais dois estreantes contra o Guaratinguetá: o zagueiro Juninho, destaque do Botafogo em 2007, e o volante Fábio Santos, do Lyon. Jorge Wagner, que não apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, ontem, é dúvida, e pode dar lugar a Joilson.A diretoria promoverá ação de marketing antes do jogo: montou estande na porta do estádio para vender produtos oficiais do clube. Será repetida nas partidas no interior do Estado.CARLOS ALBERTOO meia emprestado pelo Werder Bremen até julho deve ser apresentado até amanhã. Hoje, Carlos Alberto faz os últimos exames médicos e ontem já conheceu o CT da Barra Funda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.