Adriano dá vitória ao Fla na volta

Artilheiro marca de pênalti na vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, no Maracanã, e manda recado aos 'críticos'

Leonardo Maia, O Estadao de S.Paulo

15 de março de 2010 | 00h00

RIO

Adriano marcou de pênalti e mandou o seu recado. Na comemoração do gol da vitória por 1 a 0 do Flamengo sobre o Vasco, ontem, no Maracanã, o atacante levantou a camisa com a frase: "Que Deus perdoe essas pessoas ruins." Foi mais um desabafo depois de toda a controvérsia em que se viu envolvido durante a última semana. "É bom voltar a falar de futebol. Sou uma pessoa forte e vou superar esse momento", afirmou Adriano, antes de a bola rolar. Depois do jogo, não quis mais conversa.

Dentro de campo, houve outros personagens. Como o goleiro Bruno, que defendeu dois pênaltis batidos por Dodô.

Adriano alternou bons e maus momentos. Por vezes, parecia dispersivo, como em dois lances em que foi desarmado facilmente por falta de concentração. Noutro, fez lindo lançamento para Vagner Love, que desperdiçou clara chance de gol.

Os momentos cruciais: aos 32, Philippe Coutinho sofreu pênalti claro de Willians. Dodô cobrou fraco e Bruno defendeu. Três minutos depois, Leonardo Moura foi derrubado por Márcio Careca. O juiz nada marcou.

No início da segunda etapa, o árbitro Péricles Bassols talvez tenha tentado consertar um erro com outro equívoco. Aos 3 minutos, marcou penalidade inexistente de Fernando Prass em Vinícius Pacheco.

Adriano, aproveitou a chance de mandar sua mensagem. Cobrou bem, levantou a camisa e foi advertido com o amarelo.

O atacante marcara seu sétimo gol em sete jogos. Não jogou bem, mas mais uma vez foi importante e decisivo para a vitória rubro-negra.

Depois disso, Álvaro cortou a bola com a mão dentro da área. Muita discussão entre os vascaínos, mas Dodô insistiu em bater. Cobrou forte, mas parou novamente em Bruno.

OS PASSOS DO ASTRO

l Entrada em campo

A torcida do Flamengo ovaciona Adriano e grita:

"O Imperador voltou"

l 10 minutos do 1º tempo

Atacante quase aproveita

rebote do goleiro Fernando Prass. Titi chega antes e salva

l 18 minutos

Recebe bom passe, mas é desarmado, para delírio dos

vascaínos, que o vaiam

l 26 minutos

Bom passe para Vagner Love, que perde a oportunidade

l 6 minutos do 2º tempo

Cobra bem pênalti, faz o gol e levanta a camisa com a seguinte mensagem: "Que Deus perdoe essas pessoas ruins"

Fim de jogo

Adriano deixa o campo aplaudido pelo torcida, mas sem falar com a imprensa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.