Adriano leva multa por atraso e estreia dia 9

Adriano tinha tudo para ser a estrela do Corinthians no clássico desta noite, diante do São Paulo. Mais uma vez, vai torcer pelo time do lado de fora. Ainda aprimorando a forma física, o atacante não saiu dos holofotes. Tudo por causa de seu primeiro ato de indisciplina no clube alvinegro.

FÁBIO HECICO, O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2011 | 03h02

O jogador perdeu o voo do Rio para São Paulo na segunda-feira e acabou chegando atrasado ao treino da tarde. Apareceu no CT do Parque Ecológico apenas às 18 horas e não pôde trabalhar. Acabou multado em 10% de seus salários, mas ganhou respaldo da diretoria alvinegra.

O temor de que pudesse desestabilizar o ambiente no clube com sua agitada vida fora dos gramados não atinge os dirigentes corintianos.

Pelo contrário, o empenho apresentado desde sua contratação passa a certeza de que, após a estreia, Adriano tem tudo para brilhar com a camisa do clube.

"Ele chegou atrasado e não treinou. Foi multado como qualquer outro jogador seria. Não é algo desesperador, não tem história de que vai aprontar sempre", minimiza o diretor adjunto Duílio Monteiro Alves. "Foi apenas um atraso, o primeiro em seis meses. Como muitos outros atletas também atrasaram."

Na temporada, os atacantes Jorge Henrique e Emerson e o meia Alex também chegaram atrasados uma vez e receberam multa, de acordo com o regulamento interno do clube.

Duílio não se mete na área médica, mas garante que a perda de um trabalho não vai atrapalhar no prazo estipulado para a volta aos gramados. O Corinthians corre contra o tempo para tê-lo no Pacaembu, dia 9, diante do Atlético-GO.

"Não muda nada (na programação). Prazo é com a parte médica e fisioterápica, mas seguimos no prazo que o Joaquim Grava (consultor médico) definiu", enfatiza Duílio.

Adriano deve iniciar os trabalhos mais fortes com bola já na segunda-feira. O técnico Tite já não esconde a ansiedade pelo retorno do centroavante. A ponto de nem se envolver com a falta ao trabalho de segunda-feira. "Falta disciplinar, punição", limita-se a dizer o comandante.

Apesar da ausência no

treino de segunda-feira, atacante deve fazer sua primeira partida contra o Atlético-GO, na 28ª rodada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.