Adriano se sente injustiçado no clube

Sentados lado a lado, o técnico Cuca e o atacante Adriano afinaram o discurso para dizer que está tudo bem na Gávea e que não há crise de relacionamento entre os dois. Adriano não escondeu, porém, a irritação com a notícia de que não viajou de Curitiba para o Rio com o grupo. "Estou sendo desrespeitado. Ficaram dois jogadores (Josiel e Everton) e só citaram meu nome. É injustiça. Vou fazer o que quiser nos dias de folga."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.