Adriano vai para mais uma noitada e é punido de novo pela Inter

O gosto pela noite prejudicou mais uma vez a trajetória de Adriano na Inter. Ele foi reserva domingo, na vitória por 2 a 0 sobre a Fiorentina em Milão, como castigo por ter ficado até altas horas da madrugada de sábado em uma discoteca.O atacante foi punido pelo técnico José Mourinho por chegar esgotado para treinar no sábado pela manhã. A Inter soube que Maicon estava na discoteca junto com Adriano, mas saiu mais cedo e treinou como se tivesse ido dormir às 21 horas.O lateral é parceiro constante de Adriano nas saídas à noite, mas é poupado pela comissão técnica porque chega inteiro para o treino. Sua resistência é o seu trunfo. Com o atacante é diferente. Quando fica até tarde na noite, não consegue disfarçar o cansaço quando chega ao centro de treinamento.Mourinho deixou Adriano no banco durante os 90 minutos domingo. Ibrahimovic e Balotelli foram os titulares, e Mancini entrou no segundo tempo. Pegou mal na Inter o fato de Adriano ter se excedido na noite apenas dois dias depois da derrota para o Manchester United por 2 a 0 na Inglaterra que eliminou o time da Copa dos Campeões.Domingo, depois do jogo contra a Fiorentina (que terminou por volta de 22h30), Adriano saiu direto do estádio para um aeroporto e embarcou (junto com o companheiro Mancini e outros amigos) num jatinho fretado. A turma foi para a Ilha da Sardenha, onde o atacante deixa ancorado seu iate de 20 metros de comprimento que custou 2 milhões (cerca de R$ 6 milhões). Por volta das 2h30 começou a festa. Mas desta vez Adriano teria tempo para descansar, porque a Inter só volta aos treinos hoje. KAKÁ CONFIRMADOKaká fez apenas fisioterapia e musculação ontem, mas os médicos do Milan não têm mais dúvida de que ele terá condição de jogar domingo contra o Napoli, fora de casa. E isso significa que na terça-feira se apresentará em Teresópolis para ficar à disposição de Dunga para os jogos das Eliminatórias contra Equador (dia 29, em Quito) e Peru (dia 1º, em Porto Alegre). O planejamento da comissão técnica do Milan é colocar Kaká para treinar com bola no campo amanhã ou sexta-feira. "Kaká não tem nenhuma lesão. Ele levou um pisão no mesmo local que havia machucado em fevereiro (o dorso do pé esquerdo) e ficou dolorido, mas foi só isso", afirmou Jean-Pierre Meerserman, chefe do departamento médico do Milan.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.