Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Adversários dos brasileiros indefinidos

A participação brasileira na segunda fase da Copa Sul-Americana termina amanhã, quando Figueirense e Atlético-GO se enfrentam em Florianópolis - na primeira partida, em Goiânia, as equipes empataram por 1 a 1 e quem vencer estará garantido nas oitavas de final. Contudo, os times que avançarem à próxima fase ainda terão de esperar alguns dias para conhecer seus adversários e o chaveamento até a final do torneio.

O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2012 | 03h03

O vencedor do confronto entre Palmeiras e Botafogo vai encarar quem passar do jogo entre Guaraní, do Paraguai, e Millonarios, da Colômbia. De acordo com o site da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), a primeira partida será disputada no dia 30, em Assunção - o jogo da volta, em Bogotá, está marcado apenas para o dia 19 de setembro.

Outro duelo brasileiro que termina hoje será entre Coritiba e Grêmio. O vencedor vai enfrentar nas oitavas de final quem passar do confronto entre Cobreloa, do Chile, e Barcelona, do Equador. O primeiro jogo será disputado no dia 28, em território chileno e a volta, em Guayaquil, no dia 18 de setembro.

Quem avançar do confronto entre Atlético-GO e Figueirense vai enfrentar o vencedor de Tolima, da Colômbia, e Universidade Católica, do Chile - o primeiro jogo foi confirmado para o dia 29, em Santiago, e a volta em 18 de setembro.

Já o São Paulo, que se classificou ontem ao vencer o Bahia por 2 a 0, pegará ou Liga de Loja, do Equador, ou Nacional, do Uruguai. A primeira partida será no dia 29 e a decisão da vaga ficou para o dia 19 de setembro, em Montevidéu.

Clássico. Ainda na segunda fase, o Boca Juniors terá pela frente um de seus maiores rivais, o Independiente. A primeira partida será hoje, em La Bombonera, e a volta dia 29, em Avellaneda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.