África do Sul confirma Semenya nos Jogos de Londres

A sul-africana Caster Semenya foi confirmada como uma das representantes do país nos Jogos de Londres. Campeã mundial dos 800m em 2009, a atleta conseguiu o índice necessário para a prova e garantiu assim o direito de participar pela primeira vez de uma Olimpíada.

AE, Agência Estado

14 de junho de 2012 | 11h00

Semenya ganhou destaque quando sagrou-se campeã mundial, em Berlim, com o tempo de 1min55s45. No mesmo ano, precisou passar por uma série de exames para comprovar sua sexualidade e só foi liberada para voltar a correr pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês) em 2010.

Além de Semenya, a África do Sul tem outro caso de atleta que precisou lutar pelo direito de brigar por uma vaga na Olimpíada: Oscar Pistorius. O corredor, que usa prótese de carbono nas duas pernas, já correu abaixo do índice de 45s30 exigido para disputar os 400m nos Jogos de Londres, mas, de acordo com as regras do Comitê Olímpico de seu país, precisa baixar esta marca novamente.

Se confirmar a vaga, Pistorius se tornará o primeiro atleta amputado a disputar uma Olimpíada. O corredor, que falhou ao tentar obter o índice para os Jogos de Pequim, em 2008, já havia entrado para a história em 2011 ao ser o primeiro a disputar um Mundial, em Daegu, na Coreia do Sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.