África do Sul nega ter favorecido candidatura de Durban

Cidade do Cabo acusa Comitê Olímpico de não ter informado prazo final para exibir proposta para sediar os Jogos Olímpicos de 2020

AE-AP, Agência Estado

21 de setembro de 2010 | 11h05

O Comité Olímpico Sul-Africano declarou que não pode se responsabilizar pela Cidade do Cabo ter perdido o prazo para apresentar sua proposta de candidatura para sediar os Jogos Olímpicos de 2020. A entidade disse nesta terça-feira que a cidade mentiu ao afirmar que nunca foi informada de que o prazo final era o dia 31 de julho e que as acusações surgiram "para ocultar a sua própria ineficiência".

O comitê sul-africano anunciou Durban como única candidata do país para a Olimpíada de 2020 no início deste mês, dizendo que Johannesburgo, Port Elizabeth e Cidade do Cabo não demonstraram interesse.

Porém, Pieter Cronje, porta-voz da Cidade do Cabo, afirmou que sua cidade nunca tomou conhecimento de qualquer prazo, e insistiu na reclamação de que o comitê sul-africano não realizou o processo corretamente. O desentendimento ameaça minar a tentativa da África do Sul de trazer os Jogos Olímpicos para o continente africano pela primeira vez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.