África quer tirar 1 vaga sul-americana na Copa de 2014

DISPUTA CONTINENTAL

Jamil Chade, O Estado de S.Paulo

21 de junho de 2010 | 00h00

Os cartolas africanos preparam um golpe contra as seleções sul-americanas. Em entrevista ao Estado, o presidente da Confederação Africana de Futebol e vice-presidente da Fifa, Issa Hayatou, admitiu que pretende pedir mais uma vaga para seu continente, em detrimento dos sul-americanos. O problema é que a proposta só será formalizada se uma equipe africana chegar às semifinais, possibilidade cada vez mais remota.

"Somos 53 federações de futebol e teremos cinco vagas para 2014. A Europa também tem 53 federações, mas classificará 13 times. Na América do Sul, haverá cinco vagas para dez seleções", disse Hayatou. "Se um time africano chegar às semifinais em 2010, vamos propor mudanças."

O cartola só não contava com o desempenho das equipes dos dois continentes. Dos seis africanos desta Copa, só Gana depende apenas de seu resultado para ir às oitavas, enquanto Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai mantém chances reais de classificação e o Brasil já confirmou vaga na próxima fase. /

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.