Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Damian Dovarganes/AP
Damian Dovarganes/AP

Africanos dominam pódio da Maratona de Los Angeles no masculino e no feminino

Quênia e Etiópia conquistam os primeiros lugares em prova nos Estados Unidos

Estadão Conteúdo

18 de março de 2018 | 22h06

Os africanos dominaram amplamente o pódio da Maratona de Los Angeles, disputada neste domingo, nos Estados Unidos. Tanto no masculino quanto no feminino, as três primeiras posições foram ocupadas por atletas do continente.

+ Brasil fecha Paralimpíada de Inverno com último lugar em revezamento no esqui

Entre os homens, o queniano Weldon Kirui concluiu os 42,195 quilômetros do percurso entre o Dodger Stadium, no centro da cidade, até o píer de Santa Mônica em 2h11min48s. Apenas dez segundos depois dele cruzou o etíope Gebresadik Adihana. Outro queniano, Elisha Barno, campeão em 2017, completou o pódio.

"Eu conhecia o percurso. Já havia corrida esses quilômetros", disse Kirui, que ganhou a Maratona de Los Angeles nas outras duas vezes em que participou desta prova. "Mudei meu treinamento, treinei bem e da maneira correta", completou o corredor.

Na categoria feminina, quem levou a melhor foi a etíope Sule Utura Gedo, com o tempo de 2h33min49s. A chegada foi emocionante, com a vencedora passando pela linha final segundos antes das quenianas Tsehay Desalegn e Hellen Jepkurgat, respectivas segunda e terceira colocadas - esta última, por sinal, foi ganhadora da edição anterior da prova.

A organização do evento estimou em 24 mil o número de participantes da corrida. Cada campeão embolsou um prêmio de US$ 23 mil (aproximadamente R$ 75,4 mil).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.