Agente diz que Tiger Woods tomou injeção de cortisona

Golfista mais famoso do mundo, Tiger Woods recebeu, há dez dias, uma injeção de cortisona no tornozelo direito para aliviar uma dor persistente no local. Nesta terça-feira, porém, ele já retomou a sua rotina normal, dando algumas tacadas e filmando um comercial.

AE-AP, Agência Estado

21 de dezembro de 2010 | 18h01

Mark Steinberg, representante de Woods, afirmou que o golfista norte-americano já tinha planos de receber a injeção depois do campeonato Chevron World Challenge, que terminou no último dia 5 de dezembro. E ele agora tem quase dois meses livres antes do seu próximo torneio, o de Torrey Pines. "Esse sempre foi o plano", afirmou Steinberg. "Quero que 2011 seja um grande ano para ele", reforçou o agente.

O golfista afirmou, durante o Masters deste ano, que rompeu o tendão de Aquiles de sua perna direita em dezembro de 2008, quando se recuperava de uma operação no joelho. Steinberg disse que essa nova lesão, porém, lhe causava dor, o que provocou a decisão de tomar a injeção de cortisona.

Steinberg ainda reagiu contra os rumores que circulavam na internet de que Woods rompeu o tendão de Aquiles enquanto esquiava. Ele assegurou que o seu cliente não esquia há mais de três anos.

Depois de se retirar do esporte após admitir seu vício em sexo e ter sido protagonista de um escândalo sexual que abalou a sua imagem e causou a perda de patrocinadores, Woods viveu em 2010 a primeira temporada sem títulos de sua carreira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.