Agora ídolo, Héverton está de partida

Héverton surgiu como jogador promissor na Ponte Preta, mas bastaram duas temporadas malfadadas, dois rebaixamentos seguidos, para o habilidoso - simpático e irreverente também - meia ser escorraçado do Corinthians e da Portuguesa. Para o Parque São Jorge não volta mais e também já está de partida do Canindé. Na Lusa, no entanto, conseguiu dar a volta por cima. Quer encerrar seu ciclo no clube com o acesso à Série A.

, O Estado de S.Paulo

27 de novembro de 2010 | 00h00

"Foram momentos ruins, mas para mim nada mudou. Continuei fazendo o meu trabalho", afirma o jogador, que marcou 37 gols em 112 jogos pela Portuguesa e conseguiu se valorizar no Canindé. "Rebaixamento ninguém vê a campanha toda, lembra só do final. Tanto aqui quanto no Corinthians, cheguei quando os times já estavam em situação difícil, não ia ser um salvador."

O jogador se arrepende da imaturidade na passagem pelo Corinthians. "Acabei me precipitando e indo para uma equipe em situação ruim. Quando fui para o Corinthians, Santos e São Paulo também queriam contar comigo. Se tivesse amadurecido, não teria ido", conta.

O meia então ouviu que era indisciplinado, irresponsável. Mas retruca os rótulos. "Eu era rebelde, não aguentava ficar no banco, coisa de moleque. Queria jogar", explica.

Agora está mais maduro. Conquistou seu espaço no time e, principalmente, no coração da torcida aos poucos. Mas nem a o status de ídolo que agora tem no Canindé parecem ser motivos fortes para mantê-lo no clube, embora tenha contrato até o final de 2012. "Estou muito feliz na Portuguesa, mas chega um certo momento que você almeja outras coisas para sua carreira", justifica. "Independentemente da situação da Lusa no ano que vem, vou conversar com a diretoria para me liberar. O importante é que fiz minha parte. Espero me despedir de cabeça erguida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.