Célio Messias/AE
Célio Messias/AE

'Ainda não estou no ritmo que eu quero', diz Neymar

Atacante brilhou contra o Botafogo com três gols marcados e uma assistência feita

O Estado de S.Paulo

10 de fevereiro de 2012 | 03h03

RIBERÃO PRETO - Se depender de Neymar, a atuação que ele teve na quinta-feira 9, ainda pode melhorar e muito, por incrível que pareça. "Eu ainda não estou no ritmo que quero", contou o craque, autor de três gols da vitória do Santos por 4 a 1 sobre o Botafogo, pelo Campeonato Paulista. "Tenho de jogar mais para ainda alcançar o nível máximo."

Neymar fez ontem o seu terceiro jogo na temporada e admitiu que ele, assim como o resto do time, esteve muito mal na etapa inicial. "O Santos tem de ser esse do segundo tempo, marcando e partindo para cima", declarou o camisa 11, bastante elogiado por Muricy Ramalho. "O Neymar é isso, muda o jogo a qualquer momento."

O Santos só tem até amanhã cedo para contratar ou desistir do zagueiro Alex Silva, que está brigado com o Flamengo. Depois de acertar as bases salariais com o jogador - R$ 200 mil por mês -, a direção santista tentou concluir as negociações com o clube da Gávea, mas esbarrou num fato novo: a chegada do técnico Joel Santana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.