Ainda sem Palestra, 2 jogos em Rio Preto

O Palmeiras esperava atuar no Palestra Itália já no jogo de quarta-feira, contra o Guaratinguetá, pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Mas a chuva que castigou a capital paulista nesta semana atrapalhou a reforma no gramado do estádio. Assim, o time fará mais duas partidas longe de casa.São José de Rio Preto, a 450 km de São Paulo, foi a cidade escolhida pela diretoria alviverde para a equipe atuar contra o Guaratinguetá e também contra o Guarani, no dia 9.O Palmeiras já viaja para o interior no dia 5 e fica lá até o jogo contra a equipe de Campinas. Nas três partidas anteriores de seu mando, duas cidades diferentes: Barueri e Piracicaba. E com um retrospecto que não é dos melhores.Na estréia da competição, na Arena Barueri, vitória de 3 a 1 sobre o Sertãozinho. Na 4ª rodada, no mesmo estádio, empate por 2 a 2 com o Mirassol e vaias da torcida. No último jogo, anteontem, o Palmeiras foi até Piracicaba e conheceu a primeira derrota do ano, 1 a 0, para o Ituano. E os torcedores que estiveram no Barão de Serra Negra deixaram o estádio lamentando. Assim como Vanderlei Luxemburgo e os jogadores. "Faltou uma equipe equilibrada", declarou o treinador.Para o jogo de amanhã, contra o Noroeste, em Bauru, o Palmeiras terá o desfalque de Valdivia, que levou o terceiro cartão amarelo. Lenny pode ganhar a vaga no ataque e Diego Souza deve ser o responsável pela armação. "Só tenho a melhorar daqui pra frente", disse o meia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.