Jean-Paul Pelissier/Reuters
Jean-Paul Pelissier/Reuters

Alain Bernard quebra o recorde mundial dos 100m livre

Campeão olímpico da prova, francês cravou o tempo de 46s94 durante as semifinais do Campeonato do seu país

AE, Agencia Estado

23 de abril de 2009 | 13h52

O nadador francês Alain Bernard bateu nesta quinta-feira o recorde mundial dos 100 metros livre, ao anotar o tempo de 46s94 durante as semifinais do Campeonato Francês de natação. Campeão olímpico da prova, ele se tornou o primeiro homem a romper a barreira dos 47 segundos na disputa, e baixou em 11 centésimos a marca anterior, que pertencia ao australiano Eamon Sullivan, batida nas semifinais dos Jogos de Pequim.

Veja também:

linkBernard diz que esperava bom desempenho em prova

É a sétima vez que esse recorde cai desde o início do ano passado. Bernard abriu a lista, com 47s60, nas semifinais do Campeonato Europeu, em março, e 47s50 no dia seguinte, na final. Em Pequim, Sullivan baixou a marca para 47s24, na abertura da incrível final do revezamento 4x100 metros livre - a qual Bernard, representando a França, perdeu na batida de mão para o americano Jason Lesak, com a Austrália levando a medalha de bronze.

Dois dias depois, nas semifinais dos 100 metros livre, Bernard bateu novo recorde na primeira bateria, com 47s20, mas a marca durou apenas alguns minutos, pois Sullivan marcou 47s05 na segunda semifinais. Na decisão, porém, o francês levou a melhor, com 47s21, contra 47s32 do australiano - o brasileiro Cesar Cielo levou o bronze, com 47s67, empatado com Jason Lesak.

Bernard ganhou uma terceira medalha em Pequim, o bronze nos 50 metros livre, atrás de Cielo e de seu compatriota Amaury Leveaux. Nesta quinta-feira, ele competiu no Francês, na cidade de Montpellier, usando um novo modelo de maiô da marca Arena. Os tempos ainda podem cair bastante neste ano, já que os nadadores estão em fase de preparação para o Mundial do Esporte Aquáticos de Roma, em julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.