Alberto Contador é absolvido da acusação de doping

A Federação Espanhola de Ciclismo absolveu Alberto Contador das acusações de doping na última edição da Volta da França, revogando sua proposta original de suspendê-lo por um ano, anunciou nesta terça-feira o advogado do atleta. Contador conservará seu terceiro título da Volta da França e poderá participar da prova deste ano, ainda que a União Ciclística Internacional (UCI) e a Agência Mundial Antidoping (Wada) possam apelar do veredicto na Corte Arbitral do Esporte (CAS).

AE, Agência Estado

15 de fevereiro de 2011 | 15h44

Contador deu positivo para a substância proibida clenbuterol durante a Volta da França do ano passado, mas o espanhol alegou que o resultado foi este por causa do consumo de carne contaminada. "Se fez justiça", disse o advogado de Contador, Andy Ramos.

A decisão foi anunciada três semanas depois da federação espanhola recomendar uma suspensão de um ano, ao invés da punição normal de dois anos. A defesa de Contador insistiu para que o ciclista não fosse punido. "Recebemos o arquivo e Alberto já poderá correr", afirmou Ramos na sede da federação. "A UCI vai estudar o veredicto e por nossa parte não há nada para recorrer e esperamos que a UCI não recorra".

A UCI confirmou que Contador pode competir até que a CAS decida sobre qualquer apelação. A entidade do ciclismo tem um mês para apelar da decisão da federação, enquanto a Wada tem 21 dias depois disso. Qualquer processo de apelação possivelmente vai correr até junho. A Volta da França começa em 2 de julho.

A expectativa é que Contador participe pela sua nova equipe Saxo Bank-Sunguard na Volta de Algarve, uma prova de cinco etapas no sul de Portugal na quarta-feira. O espanhol é o atual bicampeão da prova. "Se tudo sair bem, o ciclista estará amanhã no começo da Volta de Algarve", indicou o porta-voz de Contador, Jacinto Vidarte.

Na defesa apresentada, Contador apontou que as legislações antidoping da UCI e da Wada permitem "eliminar" uma punição se o atleta mostrar que não teve culpa pela detecção de uma pequena quantidade de clenbuterol na sua urina. O espanhol é um dos cinco ciclistas que já ganharam a Volta da França, o Giro da Itália e a Volta da Espanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.