Nike/Divulgação
Nike/Divulgação

Alejo Muniz tem a melhor pontuação na 7ª etapa do Circuito Mundial de Surfe

Brasileiro brilha nas ondas francesas e divulga vídeo de seu treinamento em Trestles, na Califórnia

estadão.com.br

29 de setembro de 2012 | 16h00

SÃO PAULO - Em um dia de ondas fracas, a organização preferiu não continuar a primeira fase do Quiksilver Pro France, que está sendo disputado na costa sudoeste francesa, e deu um descanso para os atletas. Os brasileiros Gabriel Medina e Heitor Alves cairiam na água em suas baterias, mas elas ficaram para este domingo. Com isso, outro brasileiro, Alejo Muniz, se mantém como o maior pontuador até o momento, com 14,83 pontos, tendo passado à próxima fase. Também já está classificado o surfista Jadson André.

Alejo fez uma disputa muito interessante com o norte-americano Kolohe Andino, que conseguiu uma nota mais alta que a do brasileiro em uma única onda (8,20 contra 8,00), mas no somatório das duas melhores surfadas acabou ficando na segunda posição. O australiano Josh Kerr também disputou a bateria, mas não conseguiu pegar boas ondas e acabou ficando em terceiro. A expectativa na França é que as condições do mas estejam melhores neste domingo para que a competição continue.

Antes de competir na Europa, Alejo Muniz aproveitou sua ida para a Califórnia para aprimorar seu estilo radical em Trestles e testar novas pranchas e quilhas. O resultado disso foi uma intensa sessão de freesurf com muitas batidas, rasgadas, cutbacks e aéreos, onde ele mostrou toda sua versatilidade de manobras em ondas que exigem muito do surfista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.