Alemã pede cancelamento de recordes

A ex-atleta Inés Geipel, que denunciou o doping usado nos anos 80 pela então Alemanha Oriental para fabricar resultados, pediu à Federação Alemã de Atletismo que suas marcas sejam canceladas. Aos 45 anos, professora de universidade, Geipel integrou o revezamento 4 x 100 m do clube SC Motor Iena, que é recordista alemão desde 1984 (42s20).

Agencia Estado,

05 de outubro de 2005 | 19h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.