Alemães ameaçam boicotar Jogos

Atletas alemães ameaçam boicotar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2002, marcados para Salt Lake City, nos Estados Unidos, se novas medidas de seguranças não forem adotadas para tentar evitar ataques terroristas como os ocorridos contra NY e Washington, no último dia 11 de setembro. "Se os Jogos fossem hoje eu, com certeza, não iria?, disse o jogador de hóquei sobre o gelo, Jan Benda. ?Eu também não aceitaria participar. Acho que só deveremos ir para lá (EUA), se as condições de segurança melhorarem sensivelmente?, acrescentou o seu companheiro Jochen Hecht. Assim como Benda e Hecht, cresce na Alemanha um movimento de atletas que pretende impor uma série de condições para participar dos Jogos nos Estados Unidos.O vice-presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Tomas Bach, garantiu que não haverá nenhuma pressão sobre os atletas para que participem dos Jogos, mas afirmou que ?todas as medidas possíveis? para evitar novos atentados serão adotadas pelo comitê organizador. O presidente do COI, o belga Jacques Rogge, ratificou hoje a realização dos Jogos de Inverno em Salt Lake City. Nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 96, a explosão de uma bomba em um parque da cidade resultou na morte de duas pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.