AFP
AFP

Alemanha aposta na insistência para superar a retranca da Grécia na Euro

Invictos, alemães prometem atacar muito, mas adversário se destaca pela força defensiva

O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2012 | 03h07

GDANSK,  POLÔNIA - A Alemanha planeja desgastar o sistema defensivo grego e esperar o momento certo para definir o jogo nesta sexta-feira, pelas quartas de final da Eurocopa, às 15h45 (de Brasília, com transmissão ao vivo da rádio Estadão ESPN), em Gdansk. Os alemãs se classificaram como líderes do Grupo B, com três vitórias, mas se preparam para enfrentar uma defesa muito mais dura do que as de Portugal, Holanda e Dinamarca, adversários da primeira fase.

"A Grécia é uma equipe compacta, forte taticamente e bem organizada. Também conta com jogadores rápidos e oportunistas, tanto que, em três ou quatro oportunidades no torneio, marcaram três gols, são gênios da eficiência", disse o meia Khedira A novidade é o retorno do zagueiro Boateng, que estava suspenso.

Na Grécia, o técnico Fernando Santos ainda não definiu o substituto do capitão Giorgos Karagounis. O mais provável é que seja Grigoris Makos, um jogador mais defensivo, que será importante para controlar o ímpeto ofensivo alemão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.