Alex Silva traça meta no retorno: não sofrer gols

Alex Silva se lesionou, ficou afastado do São Paulo por mais de um mês e viu a segurança defensiva da equipe ruir. O retorno do zagueiro é a grande esperança do técnico Sérgio Baresi para, enfim, acertar a defesa tricolor.

Giuliander Carpes, O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2010 | 00h00

O zagueiro, destaque no primeiro semestre, não foge da responsabilidade. "Sempre que entro em campo traço uma meta de não tomar gol", afirma. "Antes da eliminação na Libertadores, vínhamos em uma fase razoável. Agora é hora de pararmos de sofrer tantos gols."

Quando pisar no gramado do Pacaembu, o jogador dará adeus a outro sofrimento: torcer pela equipe pela televisão. "Fiquei muito doido", lembra Alex, com o bom humor habitual. "Até assustava meu filho com os gritos. Fico muito irritado. Queria voltar à equipe em momento melhor. Mas espero dar uma contagiada no time para voltarmos a vencer."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.