Enrique Berardi/PGA TOUR
Enrique Berardi/PGA TOUR

Alexandre Rocha ganha pontos importantes na corrida olímpica do golfe

Brasileira termina na quarta posição no 93º Aberto do Chile

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2019 | 15h07

O brasileiro Alexandre Rocha terminou na quarta posição do 93º Aberto do Chile, disputado de 18 a 21 de abril, no Club de Golf Mapocho, e conseguiu pontos valiosos nos Rankings Mundial e Olímpico, na busca por uma vaga nos Jogos de Tóquio 2020. O País ainda contou com outros cinco representantes na competição: Rafa Becker, Herik Machado, Felipe Navarro, Rodrigo Lee e Gustavo Teodoro.

Rocha esteve entre os primeiros colocados em todos os dias, anotando 65 tacadas na primeira volta. No segundo dia, com atraso por conta de neblina, o brasileiro terminou liderando, após conseguir 67 tacadas. A terceira volta acabou ficando no par, com 71, mas na última volta Rocha voltou a crescer e fechou com 67, novamente, totalizando 270 tacadas, -14.

"O vento por trás estava traiçoeiro e o atraso por conta da neblina também não ajudou, mas joguei muito bem. Consegui dois birdies em buracos que não esperava, mas também sofri com o vento em outros que deveria ter feito pelo menos par. Mas o importante foi que entendi bem o campo", explicou o brasileiro ainda no segundo dia à comunicação oficial do TOUR.

O campeão da etapa foi o americano John Somers, que anotou 265 (68, 65, 67, 65), -19.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.