Aline perde em revanche da final do Mundial e vai disputar bronze na luta

Vice-campeã mundial, Aline Ferreira é a oitava colocada do ranking mundial da categoria até 75kg da luta livre feminina. Mas, no sorteio das chaves dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, não entrou como cabeça de chave e deu azar. Estreou diante da mesma norte-americana que lhe venceu na final do Campeonato Mundial do ano passado e acabou derrotada novamente.

Estadão Conteúdo

17 de julho de 2015 | 18h05

Adeline Gray é a líder do ranking e entrou como uma das cabeças de chave. A outra foi a canadense Justina Distasio, que representava o time da casa e é a atual campeã dos Campeonato Pan-Americano. Azar de Aline, que teve que reencontrar Gray e perdeu por 10 a 0, em combate válido pelas quartas de final.

Pelo regulamento da modalidade, as atletas derrotadas pelas finalistas têm direito a disputar o bronze. Como Gray depois venceu Ana González, de Porto Rico, Aline vai brigar pelo terceiro lugar contra a porto-riquenha, em luta prevista para as 22h12 pelo horário de Brasília.

Gilda Oliveira não teve a mesma sorte. Levou 7 a 0 argentina Luz Vazquez na estreia na categoria até 69kg, mas a rival acabou derrotada na semifinal. A brasileira, assim, acabou eliminada.

Na quinta-feira, o Brasil ganhou medalha de ouro pela primeira vez na história da luta nos Jogos Pan-Americanos. A responsável pelo feito foi Gilda Oliveira, que já havia faturado o título do Campeonato Pan-Americano. Outras duas brasileiras foram eliminadas na estreia na quinta.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-Americanosluta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.