Hoslet Olivier/ EFE
Hoslet Olivier/ EFE

Alison dos Santos é ouro nos EUA pela Diamond League com o melhor tempo do ano

Medalhista de bronze em Tóquio 2020 anota 47s23 na etapa de Eugene para conquistar o triunfo

Redação, Estadão Conteúdo

28 de maio de 2022 | 18h22

O brasileiro Alison dos Santos continua dando show nos 400m com barreiras. Pela segunda etapa seguida da Diamond League, o jovem de 21 anos sobe no ponto mais alto do pódio. Neste sábado, levou o ouro com a melhor marca do ano. Fez 47s23 em Eugene, nos Estados Unidos, palco do mundial em julho.

Piu, como é conhecido o paulista de São Joaquim da Barra, já havia conquistado o ouro em Doha, no Catar, há duas semanas, e continua melhorando seus resultados na temporada. A meta é chegar no Mundial correndo abaixo dos 47 segundos.

O triunfo em Eugene foi sem problemas. O brasileiro sobrou na pista onde será disputado o Mundial, em julho. Enquanto Alison cruzou com 47s23 e sem sombras, Khallifah Rosser e Quincy Hall, segundo e terceiro, respectivamente, cravaram o mesmo tempo: 48s10.

Bronze nos Jogos Olímpicos, Alison dos Santos espera melhorar seu tempo realizado em Tóquio, no qual cruzou em terceiro com 46s72. O campeão e recordista olímpico foi o norueguês Karsten Warholm, com impressionantes 45s94.

Piu sabe que ainda é difícil combater com o oponente, ao ser questionado se é o grande rival de Warholm na atualidade. "Ele é o chefe agora, o cara a ser batido. Para vencer a final mundial, você precisa correr 45. Você não tem opção", afirmou o brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoAlison dos Santos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.