Sander Koning/AFP
Sander Koning/AFP

Alison e Bruno Schmidt vão à final do Mundial de Vôlei de Praia

Brasileiros disputam título contra anfitriões Nummerdor e Varenhorst

Estadão Conteúdo

04 de julho de 2015 | 09h45

Ao contrário do que acontecerá na disputa feminina, o Brasil terá apenas uma dupla na final do masculino no Mundial de Vôlei de Praia, disputado na Holanda. Alison e Bruno Schmidt serão os representantes do País na decisão deste domingo, enquanto Evandro e Pedro Solberg vão disputar o terceiro lugar.

Alison e Bruno Schmidt se classificaram à final ao vencerem com facilidade os norte-americanos Nicholas Lucena e Theodore Brunner. Eles dominaram os rivais neste sábado e levaram a melhor pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 21/17 e 21/15, jogando na cidade de Haia.

"Chegamos aqui tentando elevar o nível um do outro. Estou muito feliz de estar aqui e de poder enfrentar os holandeses na final. Nós percebemos que estamos melhorando a cada partida", comentou Bruno, ao fim da partida, em entrevista ao SporTV.

Os rivais de Alison e Bruno na decisão serão os anfitriões Nummerdor e Varenhorst, algozes de Evandro e Pedro Solberg. Os brasileiros foram eliminados da disputa pelo título em um duelo apertado, vencido pelos holandeses por 2 sets a 1, com parciais de 21/18, 21/23 e 15/12.

A final está marcada para as 16 horas (horário de Brasília) deste domingo. Antes, às 15h, Evandro e Pedro Solberg vão enfrentar os americanos Lucena e Theodore Brunner na briga pela medalha de bronze.

Antes destes confrontos, a decisão feminina será disputada às 16 horas deste sábado (de Brasília). A final, totalmente brasileira, vai reunir Fer Berti/Taiana e Ágatha/Bárbara Seixas.

O Campeonato Mundial não vale para a corrida olímpica brasileira, porque, diferente das demais etapas do Circuito Mundial, não permitia a inscrição de mais do que quatro duplas por País. Ao retirar o Mundial da corrida, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) visou não prejudicar quem não teve vaga na competição, como Márcio/Saymon e Guto/Alisson. Tais duplas, entretanto, já aparecem muito abaixo das demais no ranking.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.