Alison e Emanuel comemoram vitória de virada na estreia

Dupla perdeu o primeiro set e teve dificuldade de fechar o tie-break, mas depois se recuperou

AE, Agência Estado

29 de julho de 2012 | 10h33

LONDRES - Diante de uma dupla austríaca de pouca expressão no vôlei de praia, Alison e Emanuel tiveram dificuldades para conseguirem, neste domingo, 29, a primeira vitória na chave masculina dos Jogos de Londres. Perderam o primeiro set, levaram o segundo, e tiveram dificuldade de fechar o tie-break, mesmo depois de abrirem 13 a 9.

Emanuel, que estreou em sua quinta Olimpíada, considera normal a dificuldade enfrentada contra os austríacos Doppler e Horst. "Cada Olimpíada tem uma história diferente, mas, ao longo desses anos, aprendi que o primeiro jogo é sempre complicado.

 

A dupla da Áustria foi brilhante no primeiro set, errando pouco e sacando muito bem. Usamos a experiência que temos para manter a energia legal em todo o jogo", comenta Emanuel.

A primeira parcial foi toda dos austríacos, que venceram por 21 a 19. Os brasileiros conseguiram se recuperar na sequência, com 21/17 no segundo set. Depois, no tie-break, uma vantagem de quatro pontos foi perdida no fim, mas um erro de ataque da dupla da Ásia deu a vitória a Alison e Emanuel.

"A estreia foi boa. Serviu para tirar o nervosismo e a ansiedade. Começamos perdendo, mas não deixamos de acreditar na vitória. Passamos por dificuldades na partida e nos superamos. Acabei errando três bolas no fim do jogo, mas não perdi a concentração. Conseguimos sair da dificuldade que os austríacos nos colocaram em pouco tempo e isso é importante", analisa Alison, estreante em Olimpíadas.

A dupla número 1 do Brasil e atual campeã mundial volta a jogar na terça-feira, quando enfrenta os suíços Bella (brasileiro naturalizado) e Patrick Heuscher. Nas duas vezes em que as duplas se enfrentaram no Circuito Mundial, Alison e Emanuel levaram a melhor.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.