Alisson tem mala arrombada em voo para Curitiba antes de etapa do vôlei de praia

Já convocado para os Jogos do Rio, o medalhista olímpico Alison teve uma surpresa bastante desagradável quando chegou a Curitiba nesta quarta-feira para a etapa local do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. A mala do jogador foi arrombada e diversos objetos de trabalho foram furtados.

Estadão Conteúdo

02 de dezembro de 2015 | 17h17

"Cheguei há pouco aqui em Curitiba para a disputa da etapa do Paraná. Mas sem roupas, sem óculos, sem boné, braçadeiras, sem o meu material de competição. Tive a minha mala arrombada e todo o meu equipamento furtado. Indignado com isso!", reclamou Alison, em postagem em sua conta no Intagram.

De acordo com o bloqueador, no Aeroporto de Curitiba ele foi informado que o furto pode ter ocorrido na conexão no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP). "Isso, na verdade, pouco importa. Aconteceu no Brasil. E se tivesse acontecido em qualquer parte do mundo seria o mesmo absurdo. Vim para um compromisso importante e sem o meu material de trabalho. Decepcionado, revoltado", escreveu.

Junto com Bruno Schmidt, Alison é o atual campeão mundial do vôlei de praia, tendo feito uma temporada internacional quase perfeita. Os dois já foram convocados para representar o Brasil nos Jogos do Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.