Aliviado, recordista Hugo Hoyama passa às oitavas no individual

Hugo Hoyama não pôde comemorar muito o recorde de medalhas de ouro do Brasil em Pan-Americanos (nove), batido anteontem com o título de equipes no tênis de mesa. Ontem pela manhã já estava de volta ao Pavilhão 4B do Riocentro, para iniciar a competição de simples, em que garantiu classificação para as oitavas-de-final.Sem a pressão de conquistar mais uma medalha dourada, Hoyama jogou aliviado. Na estréia, passou fácil pelo chinês naturalizado norte-americano Han Xiao, por 4 a 1. À tarde, porém, suou muito para superar o canadense Pierre-Luc Hinse por 4 a 3.''''Acordei bem, tranquilo e confiante, apesar das dores no ombro por causa dos jogos de ontem (anteontem). Estou bem mais solto, já com o dever cumprido'''', disse Hugo, que não se considera favorito ao título - aponta o chinês naturalizado dominicano Ju Lin e o chinês naturalizado argentino Liu Song em nível superior. ''''Vou correr por fora, mas já ganhei deles em outras competições'''', ressalva.Os outros dois brasileiros também avançaram às oitavas. Thiago Monteiro, número 1 do País, ganhou por 4 a 1 de Trevor Farley, de Barbados, e por 4 a 0 do chinês naturalizado canadense Qian Shen. Já Gustavo Tsyuboy venceu o guatemalteco Omar Flores por 4 a 1 e o cubano Pavel Oxamendy, por 4 a 0.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.