Allan do Carmo já celebra título nas maratonas aquáticas

Allan do Carmo já celebra título nas maratonas aquáticas

Para confirmar primeiro lugar do Circuito Mundial na temporada, nadador baiano só precisa mergulhar no sábado em Hong Kong

Estadão Conteúdo

16 de outubro de 2014 | 09h21

Não é segredo para ninguém que o Brasil domina as maratonas aquáticas no feminino, com Ana Marcela e Poliana Okimoto. A novidade é que o País fará também o campeão do Circuito Mundial no masculino. Afinal, o baiano Allan do Carmo só precisa mergulhar para a última etapa da competição, neste sábado, em Hong Kong, para ficar com o título geral da temporada.

Sétimo nos 10 quilômetros, quinto nos 25km e bronze na prova por equipes no Mundial de Barcelona/2013, Allan do Carmo mostrou regularidade nesta temporada para garantir matematicamente o título com uma etapa de antecedência, depois de ganhar na China, sábado passado.

"Foi uma temporada muito boa, um ano muito constante de resultados e desempenhos bons. Só na primeira etapa da Copa do Mundo, quando toda a seleção tinha pouco tempo de treinamento, fiz apenas o 10.º lugar. Já em todas as outras, fiquei entre os cinco primeiros, com quatro pódios, sendo duas vitórias", exaltou.

Ele relaciona os bons resultados na temporada à entrada no Plano Brasil Medalhas, do Governo Federal. Recebendo a Bolsa Pódio, ele tem, desde o início do ano, uma equipe disciplinar à sua disposição, com nutricionista, fisioterapeuta, treinador, fisiologista, massagista e psicólogo.

"Em anos anteriores, não tinha tanta regularidade de brigar sempre no pelotão da frente, tirava um terceiro e depois um nono lugar. Mas o trabalho que vem sendo feito com a equipe multidisciplinar, um conjunto que as maratonas vêm formando, tem sido um diferencial importante, ainda mais com a quantidade de viagens que estamos tendo. Eles trabalhando integrados diminui muito nosso desgaste", explica.

Tudo o que sabemos sobre:
maratonas aquáticaAllan do Carmo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.